0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Por Wagner Mendonça – CEO da WM Sistemas

Em tempos de crise, quem não se reinventa, não se sustenta!

Isso é, basicamente, o que acontece com empresas que não investem em melhorias durante os períodos de instabilidade econômica, permitindo uma estagnação que pode não ser suficiente para a competitividade do mercado.

Com isso, um segmento que tem se valido de soluções tecnológicas para ampliar o crescimento das vendas, mesmo em um momento em que a economia brasileira não tem seu melhor resultado, é o de food services.

Para atrair a atenção dos clientes, muitos estabelecimentos estão utilizando inovações tecnológicas, e soluções vocacionadas para o segmento, desde o atendimento, o cardápio, ambiente, e até os pedidos que chegam na cozinha. Valorizar a experiência do cliente com ferramentas de tecnologia tem sido uma grande aposta de bares, restaurantes e redes de fast food, para que o relacionamento com o consumidor seja, de fato, fidelizado.

Para alcançar um melhor número de vendas, é importante, primeiramente, que o ambiente do estabelecimento seja considerado um local apropriado para entretenimento, socialização e diversão; isso pode ser obtido com uma boa iluminação, TVs, música e outros aspectos que tornem o local convidativo. Para muitos clientes, a presença de aparelhos de televisão, por exemplo, em estabelecimentos do ramo alimentício é um atributo atrativo.

Os cardápios também têm sofrido grandes alterações, deixando de ser apenas um encarte para ser uma verdadeira apresentação ao consumidor, com fotos, descrição de ingredientes, valor nutricional, entre outros. Neste quesito, os menus digitais vêm ganhando espaço, já que promovem uma interação fácil e prática com o cliente, que pode consultar o cardápio do estabelecimento que deseja a qualquer momento e em qualquer lugar.

No entanto, a maior mudança para o setor food service, talvez, seja com o atendimento. Muitos restaurantes e fast food estão investindo no atendimento mobile, ou seja, através de aplicativos que possibilitam que o cliente faça o pedido por meio do celular, sem precisa ligar para o estabelecimento. Essa autonomia, praticidade e rapidez são as principais vantagens que chamam a atenção do consumidor. Além disso, nos estabelecimentos físicos, totens com telas interativas estão possibilitando que o cliente faça seu pedido, também, através do toque (touch screen), agilizando filas e poupando tempo.

Além dos avanços já mencionados, o pagamento é outro setor que vem ganhando inovações, como é o caso da possibilidade de pagar por uma compra através do próprio smartphone, que serve como um cartão digital na hora de realizar transações financeiras. Isso é possível em celulares com a tecnologia NFC, que permite a transferência de dados a partir da aproximação com outro dispositivo com a mesma tecnologia.

Para garantir o potencial dessas inovações, é importante unir essas soluções em sistemas de gestão que automatizam o gerenciamento dos processos. Muitos estabelecimentos alimentícios utilizam um ERP, por exemplo, para gestão de caixa, controle de estoque e monitoramento de entradas e saídas, possibilitando um crescimento e diferenciação em meio à competitividade do mercado.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×
About Daniela Quintana

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *